CINCO POEMAS DE ISABEL FURINI

fotografia do arquivo pessoal da autora 


Cinco Poemas de
ISABEL FURINI 



O OUTRO ROSTO

Algumas pessoas
montam espetáculos com sorrisos
e palavras doces
mas têm tentáculos 
capazes de enrolar-se nas gargantas
e de perfurar os corações 

durante o dia, falam palavras açucaradas
mas à noite cospem, amaldiçoam
e dão dentadas certeiras
atingem pulsos, olhos, ouvidos e a veia aorta 
e deixam as vítimas atordoadas
tristes
chorando sozinhas atrás da porta

o que conhecemos dos outros indivíduos?
somente vemos a pele
a cor dos olhos
do cabelo
o sorriso
os gestos
ninguém pode ver a alma
ninguém pode auscultar o coração 
para observar as intenções ocultas

conheci tantos artistas fora do palco
encenando no teatro desta vida
pessoas doces e sorridentes
que além do olhar afetivo
da máscara de amor
esculpida para atingir perversos objetivos
têm um outro rosto escondido: o rosto do egoísmo e da maldade.


imagem do Pinterest 
-*-

PROFUNDIDADE POÉTICA 

às vezes, é preciso desenhar com palavras
enormes dentes
e fundi-los com o poema
simples estratagema 
para morder as sombras e deixar nos versos
marcas de caninos
símbolos incisivos que outorgam
profundidade labiríntica ao poema.

imagem do Pinterest 
-*-


PALAVRAS DE AMOR

Enxame de palavras de amor
- da pequena boca 
saem todas juntas
ferozes
e
loucas

algumas palavras chicoteiam a moral
extravasam emoções 
expressam contradições 
sonhos
paixões 
forte magnetismo
e ocultos abismos.

imagem do Pinterest 
-*-

MOMENTOS

de madrugada
quando o vento estremece minha alma
uma estrela muito brilhante
da longínqua constelação de Apus
desaba sobre a roseira do jardim

à tarde
cuidadosamente
pinto com aquarela rosas rastreiras
rosas trepadeiras
rosas híbridas 
rosas arbustivas
rosas sempre floridas

à noite
quando não são observadas
as rosas se transformam em libélulas
e voam para outras dimensões. 

imagem do Pinterest 
-*-

SOMOS LIVROS

na Via Láctea
(uma das bibliotecas do universo)
todos somos livros

guardamos nas páginas do inconsciente 
mágoas e arrependimentos
paixões inconfessadas
e amores que venceram o tempo
aventuras e desventuras
nosso destino e nossas escolhas
estão registrados em papiros
e guardados nas estantes do universo humano
localizadas no coração da biblioteca
entre o horizonte de eventos
e o horizonte de sonhos infinitos
ao leste da galáxia das ilusões. 

imagem do Pinterest 
-*-


ISABEL FURINI nasceu em Buenos Aires/Argentina, e há muitos anos reside em Curitiba/PR. É poeta, escritora, palestrante e educadora. Escreve poemas desde criança. 
Foi uma das fundadoras do 'Centro Filosófico Delfos', em Medellin (Colômbia) e, posteriormente, em Curitiba/PR, tendo ministrado aulas nessa instituição até o início dos anos 2000. 
Foi colunista do Suplemento Dominical 'Viver Bem', no jornal 'Gazeta do Povo' (Curitiba/PR), com a coluna 'Vencendo limites' (de 12/1984 até final de 1999). Nos anos 90 ministrou vários cursos e palestras de 'Oratória Filosófica', em Curitiba/PR. De 1999 a 2015, ministrou a oficina de 'Criação Literária' na Associação Cultural Solar do Rosário (Curitiba/PR). 
Outros cursos, palestras e oficinas: 'Produção de Livros Infantis' em várias regionais da Fundação Cultural de Curitiba (oficina, Curitiba/PR, 2004); '1º Salão Nacional de Poesia' (palestrante, Campo Largo/PR, 2005); 'Filosofia com Crianças' (oficina, 2º Encontro Interestadual Pós-Bagozzi, Curitiba/PR, 2005); 'Como Escrever Livros' (palestrante, Centro Filosófico Delfos, Curitiba/PR, 2008); 'Como Escrever Contos' (oficina, Centro Filosófico Delfos, Curitiba/PR,  2009). Em 2008 iniciou o blog 'Literatura de Isabel Furini'. Em 2010 criou o 'Projeto Poetizar o Mundo',  para premiar talentos e organizar concursos literários. É coeditora da 'Revista Carlos Zemek de Arte e Cultura'. Em 2013 foi convidada a palestrar sobre Literatura na 'Feira Internacional do Livro' de Foz do Iguaçu/PR; em 2015, na '2a. Bienal do Livro' de Campo Mourão/PR; e, em 2019, na '38a. Semana Literária do SESC' e 'Feira do Livro', em Maringá/PR, e na 'Feira Internacional do Livro', em Machadinho/PR. 
De 2014 a 2017 assinou a coluna 'Entre Livros e Autores', do jornal digital Paraná Imprensa. Em 2017 realizou um 'Recital de Poesia' na '36a. Semana do SESC' & 'XV Feira do Livro da UFPR', em Curitiba/PR. Em 2018 realizou um 'Recital Poético', com leitura de suas obras em espanhol e em inglês, na Biblioteca Pública de Burlingame (Burlingame Public Library, Califórnia, EUA). 
Atualmente ministra aulas particulares para interessados em escrever livros e realiza leitura crítica de originais. 
Recebeu diversos prêmios em concursos literários. Em 2015 foi nomeada 'Embaixadora da Palavra' pela Fundação Cesar Egido Serrano (Espanha). Também em 2015 recebeu 'Comenda Ordem de Figueiró' e foi nomeada 'Embaixadora Internacional e Imortal da Poesia', pela Academia Virtual de Letras, Artes e Cultura do Brasil.
Em 2021 participou com vídeo-poesia no XIX Parlamento Internacional de Escritores de Cartagena, na Colômbia. 
Seus poemas participaram de exposições no Brasil, Argentina, Espanha, Colômbia e Portugal. 

fotografia do arquivo pessoal da autora 

Livros publicados:

Isabel Furini possui inúmeros livros com temas diversificados, tais como: xamanismo, esoterismo, filosofia e psicologia orientais, além de livros de poesia e infantojuvenis. Entre eles, destacam-se: O homem e Deus (poesia, Curitiba/PR, 1983);  Prego Nélio (infantil, Araucária Cultural, Curitiba/1988); Vença a timidez (Record, Rio de Janeiro/1991); Práticas de oratória (Ibrasa, São Paulo/1992); Liderança com sucesso (Ibrasa, São Paulo/1993); Otimismo em ação (Ibrasa, São Paulo/1995); Arte de falar em público (Ibrasa, São Paulo/1999); Joana, a coruja filósofa (infantil, Sophos, Florianópolis/2005); Coleção A corujinha e os filósofos (infantil, 6 volumes, Bolsa Nacional do Livro, Curitiba/2006); O livro do escritor (Instituto Memória, Curitiba/2009); Oratória forense (Instituto Memória, Curitiba/2011); Eu quero ser escritor – a crônica (Instituto Memória, Curitiba/2012); Os corvos de Van Gogh (poesia, Virtual Books/2012); Vírgulas e outros silêncios (poesia, Virtual Books/2012); O Grande poeta (infantil, Matrix, São Paulo/2012); A barca de Rá (poesia, e-book, disponibilizado gratuitamente na 'Revista Carlos Zemek de Arte e Cultura'); Flores e quimeras (poesia, e-book, disponibilizado gratuitamente na 'Revista Carlos Zemek de Arte e Cultura'); Os relógios de Dalí (poesia, livro artesanal, Curitiba/PR, 2017); Amor, amor, amor: tecendo emoções (e-book, Editora Toma Aí Um Poema, 2023); entre vários outros.

Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Mulher Feminista - 16 Poemas Improvisados - Autoras Diversas

200 palavras/2 minicontos - por Lota Moncada

A POESIA FANTÁSTICA DE ROSEANA MURRAY | PROJETO 8M

Nordeste Maravilhoso - Viva as Mulheres Rendeiras!

De vez em quando um conto - Os Casais - por Lia Sena

Cinco poemas de Eva Potiguar | Uma poética de raízes imersas

Preta em Traje Branco | Cordel reconta: Antonieta de Barros de Joyce Dias

UM TRECHO DO LIVRO "NEM TÃO SOZINHOS ASSIM...", DE ANGELA CARNEIRO | Projeto 8M

Uma resenha de Vanessa Ratton | "Caminho para ver estrelas": leitura necessária para a juventude

Resenha 'afetiva' do livro O VOO DA GUARÁ VERMELHA, de Maria Valéria Rezende