Isabel Furini, Marli Boldori e Gisela Maria Bester: Dia da Amizade

 



Coração amigo

Amigos são como as aves

podem voar

afastar-se

mas sempre podem voltar

pois o coração não tem grades

Isabel Furini
Acadêmica da Avipaf - Cadeira1

Imagem gerada pela IA do Bing


Tenho um amigo


O tempo nos mostra

Quem é nosso amigo

E termos a certeza de que podemos nele, confiar

Sentimento que não nos deixa duvidar

Entregamos nossa alma sem nada cobrar

Tudo é compartilhado é dividido

O sorriso solto, a gargalhada, o aplauso, a dor

Brinda junto a nossa vitória,

O choro é espantado quando a doença nos pega

E a mão do amigo se entrega para a nossa segurar

Duas almas que se fundem para a dor acalmar

É o travesseiro que se insinua até o sono chegar

Então:

Ter um amigo é possuir um amor

Que jamais se nega a nos ajudar

Deus que o mandou

Para ser nosso anjo

Na terra nos salvar.


Marli Andrucho Boldori
Porto União SC
Acadêmica da Avipaf - Cadeira nº 11


Saramundo


Eu dormia sob a tormenta

Exposta no banquete 

Do despedaçamento

Vendo velhos sonhos, ainda infantis

Sendo desmanchados

Diante dos olhos

Sem mais a força

Daquela coragem de fera


Eu não mais dormia

E você atravessou a terra

Salvando-me pelas mãos

Trazendo-me mares de olhares azuis

Das minas que minam doces amizades


Saramunck, você tem nome de poema!


Gisela Maria Bester
Acadêmica da Avipaf - Cadeira: 49



Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Mulher Feminista - 16 Poemas Improvisados - Autoras Diversas

200 palavras/2 minicontos - por Lota Moncada

A POESIA FANTÁSTICA DE ROSEANA MURRAY | PROJETO 8M

Nordeste Maravilhoso - Viva as Mulheres Rendeiras!

De vez em quando um conto - Os Casais - por Lia Sena

Cinco poemas de Eva Potiguar | Uma poética de raízes imersas

Preta em Traje Branco | Cordel reconta: Antonieta de Barros de Joyce Dias

UM TRECHO DO LIVRO "NEM TÃO SOZINHOS ASSIM...", DE ANGELA CARNEIRO | Projeto 8M

Uma resenha de Vanessa Ratton | "Caminho para ver estrelas": leitura necessária para a juventude

Resenha 'afetiva' do livro O VOO DA GUARÁ VERMELHA, de Maria Valéria Rezende