Isabel Furini, Maria Antonieta Gonzaga e Jucélia Betinardi

 



Antigo amor

a chuva e a vida
escorregam pelos vidros da janela
o vento sibila canções ciganas
que falam de amores
e de traições

ao som das castanholas
são desenhadas
(na geografia da memória)
antigas coreografias
que contam 
a  história dos beijos
na casa de praia
(hoje abandonada)

uma história de amor
foi escrita com passos de dança
sobre a areia da praia
uma história de beijos e danças
–  sem palavras

Isabel Furini
Acadêmica da AVIPAF - Cadeira 1
Esse poema recebeu o 2º Lugar no Concurso de Poesia, Taba Cultural, RJ, 2001.


Poema: Meu Amor!

Meu Amor!
Te amo a cada pôr do sol
E em cada amanhecer

Te procuro na beleza do girassol.
Te amo com o ardor do meu coração
Te amo com a força da minha mente
Te amo no silêncio de meus dias
Te amo eternamente.

Te amo na certeza do encontro
Te amo no abraço carinhoso
Te amo nas lembranças e saudades.
Te amo na espera do teu bom dia!
Em sonhos! Te amo!
Que alegria!!

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Acadêmica da AVIPAF Cadeira 10
Castro-Paraná-Brasil

Imagem gerada pela IA do Bing

Dia dos namorados
O amor é muito importante para nós, principalmente para os namorados; os corações de duas pessoas românticas significa  muito amor entre ambos. Pois eles querem estar sempre juntos compartilhando este amor maravilhoso que existe entre eles.
Esta data: 12 de junho em que se comemora o dia dos namorados é  muito bem lembrada todos os anos, pois é um dia inesquecível para eles que realmente se amam.  Que neste dia todos os namorados se sintam muito amados, que nunca acabe este amor sincero um pelo outro,e que Deus esteja sempre presente em  suas vidas os abençoando.
Feliz Dia dos Namorados!! Seja repleto de muito amor!

Jucélia Betinardi
Acadêmica da AVIPAF - Cadeira 54




Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Nordeste Maravilhoso - Viva as Mulheres Rendeiras!

Mulher Feminista - 16 Poemas Improvisados - Autoras Diversas

De vez em quando um conto - Os Casais - por Lia Sena

200 palavras/2 minicontos - por Lota Moncada

A vendedora de balas - Conto

Cinco poemas de Eva Potiguar | Uma poética de raízes imersas

Um poema de Mar Becker | "à parte do reino"

Araceli Otamendi e Isabel Furini: Sonhos

A POESIA FANTÁSTICA DE ROSEANA MURRAY | PROJETO 8M

Resenha do livro juvenil TÃO LONGE... TÃO PERTO, de Silvana de Menezes