edital015

 


COLETÂNEA MULHERIO DAS LETRAS NA LUA 2021 -  SÓ POESIA

INSCRIÇÕES DE 25 de FEVEREIRO ATÉ 25 de MARÇO de 2021

Enviar Textos para: mulherionalua@gmail.com


Com o intuito de divulgar as autoras do Movimento Mulherio das Letras na Lua, a editora In-Finita (Portugal) e o Selo Ser MulherArte Editorial (Alemanha) promovem a 1a. coletânea de poesia do MULHERIO DAS LETRAS NA LUA. A apresentação da Coletânea acontecerá no 35° Salão do Livro e da Imprensa de Genebra  em MAIO de 2021 e o Lançamento Virtual será após o evento, a ser divulgado previamente.


REGULAMENTO

Esta obra será regida pelo seguinte regulamento:

TEMA LIVRE

1 – Podem participar todas as  que escrevem em língua portuguesa residentes no Brasil e na Europa, que pertençam a um ou mais grupos do movimento Mulherio das Letras.

2 - Os poemas devem ser inéditos (não publicados em livros) e escritos em língua portuguesa. Aceitamos textos publicados apenas nas redes sociais.

3 - As autoras podem enviar UM POEMA de até 56 linhas ou DOIS POEMAS com um máximo de 28 linhas (título e espaços incluídos) -  2 páginas 15x22, por participação.

 3.1 - Entendem-se por espaços todas as quebras de estrofes e/ou estâncias.

  3.2 - O número de linhas será calculado na formatação de página 15x22 com margens de 3 cm.

  3.3 – As autoras devem ter em atenção que versos ou frases longas podem ocupar mais de uma linha nessa formatação.

4 - Todos os POEMAS devem ter um título diferente do nome da coletânea.

5 - Os textos devem ser enviados no formato word, letra Times New Roman - tamanho 12, para o e-mail: mulherionalua@gmail.com

  5.1 – Itens importantes para a participação e inclusão na coletânea, além de aprovação dos poemas. No e-mail devem referir:

CIDADE em que mora

NOME da AUTORA para a divulgação 

TÍTULO (s) do(s) POEMA(S)

Nome e ENDEREÇO COMPLETO para envio do livro

MINI-BIOGRAFIA LITERÁRIA - RESUMIDA DE ATÉ 6 LINHAS

EM ANEXO - FOTO DE PERFIL (ROSTO)

EM ANEXO - POEMAS REVISADOS

6 - Todos os textos enviados serão sujeitos a uma pré-avaliação sobre a criatividade e qualidade, regida pelos critérios da coordenadora Adriana Mayrinck, que informará a todas as autoras.

7 - A revisão de todos os textos para esta coletânea é de responsabilidade das autoras

8 – Os poemas devem ser enviados até dia 25 de MARÇO de 2021.

9 – O valor por participação DA COLETÂNEA, devido ao aumento dos custos gráficos e envio via correios, e à pandemia (covid -19):

Autoras residentes no BRASIL :  1 LIVRO + TAXA DOS CORREIOS = R$ 120,00 (Cento e vinte Reais)

Autoras residentes em PORTUGAL : 1 LIVRO + TAXA CORREIOS = 30 € (Trinta Euros)

Autoras residentes em EUROPA: 1 LIVRO + TAXA CORREIOS = 40 € (Quarenta Euros)

INCLUSO: Marcadores de páginas e E-Book

IMPORTANTE: Enviamos os livros para os endereços informados. Após a postagem não nos comprometemos com extravios dos correios ou erros enviados pelas autoras.

10- O depósito deve ser feito até 25 de MARÇO após a aceitação do(s) poema(s), no número da conta bancária que será enviado no e-mail de resposta. Fica à coordenadora o aguardo da confirmação do depósito, cujo comprovante deve ser enviado pela autora por e-mail. (a não confirmação do depósito estabelece a exclusão da participação)

11 - Cada exemplar extra para o Brasil, incluindo despesas postais, fica por R$ 55,00 (cada). E para Portugal e demais países na Europa, a autora que quiser livros extras pagará o valor de 20 € (cada). Valores esses SE ENCOMENDADOS ATÉ O DIA 25 de MARÇO e enviados junto com o livro de direito pela participação.

Após 26 de MARÇO, livros extras, R$ 70,00 no Brasil e 30 € (cada) para Portugal e demais países na Europa.

  11.1 – Vamos produzir mais 10 livros em Portugal, que ficarão disponíveis para eventuais divulgações e promoções em rádios, TV parceira, além de doação de um exemplar para a Biblioteca Nacional de Portugal, Feira do Livro de Lisboa, Biblioteca do Palácio Baldaya, entre outros.

  11.2 - As ações de divulgação e promoção incluem também:

• Trabalho gráfico de apresentação das autoras participantes (CARDS) que serão publicados e partilhados nos espaços que a In-Finita, a Revista Ser MulherArte e o Mulherio das Letras na Lua dispõem nas redes sociais, FACEBOOK, INSTAGRAM, TWITTER.

• Divulgação dos poemas no blogue TOCA A ESCREVER, partilhados na página do Facebook Toca a Escrever e demais grupos literários.

• YOUTUBE e INSTAGRAM (diversas ações de divulgação, como lives, saraus virtuais, leituras, vídeos, etc)

  11.3 – Para efeitos do mencionado na alínea 5.1, as autoras devem enviar:

• Uma pequena BIOGRAFIA LITERÁRIA RESUMIDA, onde devem incluir apenas nome, localidade onde quer ser divulgada (cidade onde nasceu ou reside), livros individuais editados e número de antologias e/ou coletâneas em que participaram. Podem incluir também os nomes de academias literárias a que pertençam (máximo 6 linhas).

• Foto de rosto com boa resolução. Não serão aceitos textos que ultrapassam esse limite e não nos comprometemos em resumir biografias.

12 - As autoras são responsáveis pela autenticidade dos textos enviados e responderão perante a lei do plágio, cópia indevida ou qualquer outro crime relacionado com o Código de Direitos Autorais.

13 - O envio dos poemas pressupõe o conhecimento e aceitação de todos os pontos deste regulamento.

14 - Na eventualidade do surgimento de alguma situação omissa neste regulamento, a decisão sobre as medidas a serem tomadas serão da responsabilidade das organizadoras/editoras Adriana Mayrinck e Chris Herrmann.



www.facebook.com/groups/mulheriodasletrasnalua









PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Mulher Feminista - 16 Poemas Improvisados - Autoras Diversas

Nordeste Maravilhoso - Viva as Mulheres Rendeiras!

Quatro poemas de Ana Dos Santos | "Retorno ao Atlântico Negro"

Poema | Nunca Mais, por Jeane Tertuliano

Lançamento | Coletânea Mulherio das Letras para Elas

Cinco poemas de Valéria Paz | "Era vida e se quebrou"

Pés Descalços 02 | Uma página para cada coisa

Cinco poemas de Eva Potiguar | Uma poética de raízes imersas

Para não dizer que não falei dos cravos | Seis poemas de Jansen Hinkel

MulherArte Resenhas 16 | "Chão Batido", de Juçara Naccioli: vozes monumentais de ontem e de hoje - Por Marli Walker