Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Gloria Kirinus

Resenha do livro infantojuvenil O Sapato Falador, de Gloria Kirinus

Imagem
PORQUE SAPATOS TAMBÉM FALAM por Nic Cardeal O SAPATO FALADOR (São Paulo: Cortez, 2008) é um livro infantojuvenil escrito por GLORIA KIRINUS  e lindamente ilustrado por Simone Matias, que conta a história de um menino e de seu sapato que fala! Diz a incrível escritora Gloria que uma vez choveu tanto, tanto, tanto, que a chuva, que era pra ser só uma chuvinha de nada, virou logo e muito ligeiro uma grande chuvarada! Só que essa chuvarada continuou chovendo, e então essa mesma chuvarada virou uma enorme inundação, alagando casas, afogando móveis e até brinquedos, conforme lhe contou um menino que viveu aquilo tudo bem de pertinho! A chuva foi tanta que levou embora até os sorrisos, as alegrias e as esperanças de toda aquela gente que morava tanto tempo ali que já estava até virando semente! Não teve misericórdia nenhuma aquela chuva de fazer história: cobriu os campos, os cantos, os montes e os telhados - de casa em casa, de rua em rua - levando pra distante cada pedaço

RESENHA do livro infantojuvenil OS NÚMEROS PRIMOS E SEUS SOBRINHOS, de GLORIA KIRINUS

Imagem
QUEM SÃO OS SOBRINHOS DOS PRIMOS? por Nic Cardeal  É bem provável que você já tenha ouvido falar dos números primos! Você sabia que eles também têm sobrinhos? E você sabia que a tal da 'dona Matemática' não é nenhum bicho de sete cabeças? Nem de seis, cinco ou quatro! A 'dona Matemática' é uma velha conhecida lá das épocas mais antigas e, que eu sei, ela tem uma única cabeça, na verdade é bem dotada de inteligência essa tal de Matemática! Pois bem! Eu soube disso quando li OS NÚMEROS PRIMOS E SEUS SOBRINHOS  (Porto Alegre, RS: EDELBRA, 2016), um livro infantojuvenil escrito por  GLORIA KIRINUS , e muito bem ilustrado por Martina Schreiner, que conta, de forma divertidamente inusitada e lúdica, a história dos números primos e, é claro, seus sobrinhos! Diz a escritora que, quando o primeiro daquela família de números nasceu, foi aquela festa! Pai e mãe o chamaram, em princípio, de Príncipe! No entanto, logo viram que ele era caso de maior, muito maior i

Resenha do livro de minicontos SIMPLÍCIOS E CONFÚCIOS, de Gloria Kirinus

Imagem
CASO DE POESIA ENTRE 'SIMPLÍCIOS E CONFÚCIOS ' por Nic Cardeal  Em  SIMPLÍCIOS E CONFÚCIOS (Curitiba/PR: Kotter Editorial, 2019), um 'fazer poético' de 71 minicontos,  GLORIA KIRINUS trabalha a palavra como o escultor que modela a argila em busca da forma, mesmo que dispensada a fôrma. Os destinados desta forma são os nomes - aqueles nomes condicionadores de destinos. Cada um dos pequenos contos é um verdadeiro 'achado nominal', e os nomes, por mais estranhos que pareçam, encontram cada qual o seu lugar exato na trama sempre surpreendentemente escrita por Gloria! Como, por exemplo, no conto da menina que se chama ESTRELA:  "Quando aprendeu a escrever seu nome desenhou uma estrela. Foi essa a primeira lição aprendida de tanto ficar de barriga pra cima, sobre o gramado, soletrando estrelas. Na escola, a professora achou graça, no começo. Depois implicou seriamente: - Estrela, você precisa escrever e não desenhar seu nome. Estrela fez de