Um conto de Ciça Ribeiro | "O doce bombom"

 

Iris Hamelmann. Fonte: pixabay.com

Um conto de Ciça Ribeiro

O doce bombom*


Pelo muro baixo do jardim da sua casa, enquanto tentava brincar de bola com seus irmãos, pouco interessados na sua companhia, ela esperava ansiosamente o chamado das duas vizinhas. Só ela era chamada. 

Senhoras de cabelos brancos, gordinhas - talvez por comerem tantos bombons quanto desejassem -, e sempre usando um pulôver leve de lã, abriam a porta da casa, que tinha um jardim igual ao dela. A primeira que saísse olhava para ela, levantava o braço à meia altura e, com o dedo indicador - o curvava em movimentos delicados -, chamava-a para os minutos mais preciosos da manhã. Sem perder tempo, e não mais interessada na brincadeira de bola, nem tampouco nos irmãos, ela saia triunfante pelo portão enquanto os meninos a seguiam com os olhos cheios de vontade. Sabiam que ela era a escolhida, apenas ela.

Assim que ela adentrava a sala,sempre envolta na penumbra, o precioso objeto que repousava esplendidamente em cima de uma mesa no centro da sala, quase no escuro total, tinha uma luz própria que talvez viesse dos seus próprios olhos. A bomboneira reinava magistralmente. 

Educada e bem-comportada, ela entrava na sala pisando leve, em respeito ao ambiente sagrado. A timidez, entretanto, parecia ser arremessada longe assim que uma das senhoras levantava a tampa da bomboneira e lhe oferecia um bombom. Ela, sozinha em sua aventura, experimentava o que seria o prenúncio da sua vida. Uma alegria intensa, felicidade simples e infinita.


* Conto melhor votado pela “Mala d’estórias”,organização sem fins lucrativos com sede em Portugal.


S. Hermann & F. Richter 



Nascida em Arapongas - PR, Maria Cecília Ribeiro dos Santos Assad (Ciça Ribeiro) é escritora infanto-juvenil, bacharela em Direito. Devido ao fato de estar ligada à aviação, conheceu diversos países e diferentes culturas, o que serviu de inspiração para muitos de seus textos. Iniciou sua carreira literária em 2017, com a publicação de seu primeiro livro infanto-juvenil, As pontes mágicas de Clementina. Foi vencedora do concurso literário de contos ”Verão com histórias” da “Mala d’estórias”, organização sem fins lucrativos com sede em Bombarral, Leiria, Portugal. Atualmente reside em São Paulo, Brasil.


Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Machismo estrutural | Quando a imprensa também exclui as mulheres

Uma resenha de Marta Cocco | "Uma Diva na passarela estreita do Jabuti"

Um poema de Mar Becker | "à parte do reino"

Uma série pictórica de Neide Silva | Flores do Cerrado

Cinco poemas de Tatiane Silva Santos | "No sonho"

Yedda Maria Teixeira | o prêmio da arte de amar

De Prosa & Arte| Nosso Corpo não é Bagunça!

IX Tertúlia Virtual | Vozes e Olhares de uma Poética do Feminino

Para não dizer que não falei dos cravos | Um poema de Ricardo Leão