Ferragosto | um feriado tradicional italiano - por Chris Herrmann

imagem: pesquisaitalianacombr


Bom Ferragosto para os amigos italianos! 
por Chris Herrmann

A data de 15 de agosto marca o calendário de feriados italianos, o Ferragosto.

Essa data significa o fim das férias para alguns e o início para os outros, uma data cheia de sonhos, expectativas para quem está querendo se divertir. Afinal de contas ainda é verão.

Ferragosto - origem

Ferragosto vem do latim: Feriae Augusti (Descanso de Augusto), indicava uma festa dedicada ao imperador romano Augusto. O Ferragosto surgiu no século 18 a.c. e acabou se juntando a outras comemorações da época, como a Vinalia Rustica ou a Consualia, comemoração feita para o deus Conso, uma divindade romana da agricultura.

Antigamente era realizada no dia 1o de agosto, mas, segundo as “más línguas” foi transferida para o dia 15 de agosto, pela Igreja Católica, para coincidir com a Assunção de Maria, junto a festa laica com a católica.

Ferragosto durante o Fascismo

Mas a tradição das festas do Ferragosto surgiu mesmo na época do fascismo. Durante os dias 13, 14 e 15 de agosto eram promovidos descontos para que as pessoas pudessem passear e conhecer outras cidades italianas. E por isso grande parte das famílias italianas tiveram a oportunidade de ver o mar pela primeira vez na vida. E como a vida não era fácil, as famílias levam a própria comida para a viagem e faziam seu picnics, ou o pranzo al sacco como dizem os italianos. Essa tradição dura até hoje.


Ferragosto na atualidade

Agosto na Itália é sinônimo de férias e muita diversão na companhia da família ou de amigos.

Agosto na Itália significa almoços muito mais longos do que já são, brincadeiras com água e churrascos na praia, banhos de mar à meia noite, luau e muita festa.

Mas luau sem fogueira, porque é proibido viu!

Hoje, dia 15 de agosto é um feriado como qualquer outro, muita gente não sabe sua origem e aproveita para descansar e tomar um banho de mar.

Só que algumas tradições ainda permaneceram e acontecem todos os anos, como o Palio dell`Assunta, em Siena, a procissão em Messina chamada Vara e Giganti.

Ferragosto na pandemia

Com essa pandemia, os italianos precisam improvisar. O importante é poder descansar e celebrar com família e amigos, ainda que de forma virtual ou bem protegida, sem aglomerações e com muita proteção. Pois a saúde é o que mais importa para desfrutar um descanso merecido. 



* fontes: sites italianos / pesquisaitalianacombr


Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

A terapia da palavra em quatro poemas da jovem escritora Maria Luiza Brasil

PodPapo 09 - entrevista com a escritora, editora e coordenadora do Focus Brasil NY Nereide Santa Rosa

A beleza no humanismo e na denúncia da poesia de Edir Pina de Barros

Um conto de Marithê Azevedo | "Céu Escuro"

Cinco poemas de Eva Potiguar | Uma poética de raízes imersas

Divina Leitura | As multiplicidades de "Santuário" de Maya Falks

Quatro poemas de Helenice Faria | Uma poética da resistência

Três poemas de Dayane Soares | Uma poética do tempo e da ancestralidade

Um miniconto de Silviane Ramos | "De que cor ficou?"

Seis poemas de Mara Senna | Ponta de estrela