Ouvindo Mulheres 09 - Dez poemas em tradução


Ouvindo Mulheres - 09
por Cris Lira


Olá, leitoras e leitores!

É com muita alegria que recupero a coluna Ouvindo Mulheres depois de um hiato em decorrência da transição das aulas presenciais para aulas on-line. A alegria também é imensa por retornar trazendo para vocês o resultado do belo projeto de uma das minhas estudantes, Brianna Franklin, de tradução de poemas de dez poetas brasileiras. Esse projeto é parte de um trabalho independente feito pela estudante para ganhar uma honraria associada ao curso de Língua Portuguesa que ela estava cursando. Como vocês verão, a escolha de poemas feita por ela é variada e, como justifica no ensaio que acompanha a tradução, foi feita em vista dos temas caros para ela sendo a escrita e a vivência do ser mulher os mais presentes. Convido as leitoras a conhecerem as poetas, os poemas e as traduções feitas por Franklin para a Língua Inglesa. Embora não sejamos tradutoras e o exercício aqui apresentado seja parte do que seria considerado uma primeira tradução, compartilhamos com vocês os barulhos dessas autoras para que essas vozes possam entrar em contato com outras e barulharem mais por aí.

Poemas lidos e traduzidos neste vídeo:
1. "A chuva," de Diana Pilatti (Palavras avulsas, 2019).
2. "Estigmas," de Ana Amélia Nunes (Sou mulher, logo existo!, Terceira Coletânea de Poesias e Prosas do Mulherio das Letras, 2019).
3. "Tempo," de Ananda Lima (Sou mulher, logo existo!, 2019).
4. "Parto às avessas," de Denize Ribeiro (Sou mulher, logo existo!, 2019).
5. "Ritual," de Érica Azevedo (Sou mulher, logo existo!, 2019).
6. "ReeXistência," de Gilvânia Machado (Sou mulher, logo existo!, 2019).
7. "Materna Idade," de Cristiane Sobral (Não vou mais lavar os pratos, 2011).
8. "Porto 6," de Cristiane Sobral (Não vou mais lavar os pratos, 2011).
9. "Sapateado," de Solange Cianni (Segunda Coletânea Poética do Mulherio das Letras, 2018).
10. "Eu mulher," de Valeria Borges da Silveira (Segunda Coletânea Poética do Mulherio das Letras, 2018).



Deixo um abraço,
Cris Lira


Obrigada por me escutarem. Obrigada por nos escutarem.
Leiamos mulheres. Escutemos mulheres.
Até a próxima coluna!



Comentários

  1. Uma alegria sem tamanho ouvir estes poemas. Parabéns a Brianna pelo projeto e obrigada Cris por partilhar conosco.

    ResponderExcluir
  2. que lindo! Obrigada, por me escolher Brianna. Amei!!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei! De maneira especial, parabéns às minhas amigas Diana e Gilvânia! Projeto brilhante! Aplausos!

    ResponderExcluir
  4. Sensacional, essa ideia.
    Sou tradutor há décadas.
    Por mim, bem que passaria o resto da vida traduzindo exclusivamente literatura, poesia inclusive.

    A tradutora aqui escolheu muito bem os poemas e realizou igualmente bem o sempre difícil trabalho de dizer em inglês o que fora dito em português com intenção basicamente estética.


    ResponderExcluir
  5. Agradeço imensamente esse presente maravilhoso que vocês duas me ofertaram! Maravilha ver meu poema alçar voo tão lindo! Nessa pandemia, sofri a dor de perder pessoas queridas da minha família, mas a poesia sempre me presentei com um sorriso! Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Machismo estrutural | Quando a imprensa também exclui as mulheres

Uma resenha de Marta Cocco | "Uma Diva na passarela estreita do Jabuti"

Um poema de Mar Becker | "à parte do reino"

Uma série pictórica de Neide Silva | Flores do Cerrado

Cinco poemas de Tatiane Silva Santos | "No sonho"

A poética que roça os sentidos | Banquete poético

Yedda Maria Teixeira | o prêmio da arte de amar

Era uma vez 11 I Literatura infantil inclusiva da brasiliense Alessandra Alexandria

De Prosa & Arte| Nosso Corpo não é Bagunça!

IX Tertúlia Virtual | Vozes e Olhares de uma Poética do Feminino