Cinco poemas de Luiza Cantanhêde - Uma imensidão de beleza

Gabriel Moreno

TRAJETÓRIA 'S

Não sei se sou aldeia
Ou aldeã 
Não sei para aonde
Meus sonhos fugiram 
A galope

Só sei que renunciei
À dadivosa mulher 
Que vivia cantarolando 
Em meu peito

Prefiro esta 
Que se despe
 À  contraluz
Que bebe do respiro
Uma exígua dose 
De existência

Gabriel Moreno

AJUDA-ME A ENCONTRAR TEU GRITO

Ajuda- me a encontrar o teu grito
Tua luz apagada
A vertigem de tua língua

Inalcançável
Ajuda-me a regar tua flor silvestre
Nesta orla feita de sol e primavera
Para mim, basta saber que me acolhes
Em teu voo migratório.
Quantos caminhos
Até encontrar em teus olhos
Um vestígio de eternidade?
Meus pés (trôpegos no tempo)
Perdidos, para refazer o caminho.
É preciso apagar as pegadas
Decodificar a trilha com a luz apagada
Olho-me no espelho e minha cara é de deboche,
Mas algum rasgo é de ignorância
Alguma linha tem algo de Frida
E da natureza morta no calo da vida.
Não creio nos tons amenos
Quando sinto fome.

Gabriel Moreno

POLÔNIA 

Preciso 
Comportar 
No peito 
Os escombros 
De uma vida
Inteira
Carne Griffiths

TREINAMENTO 

Na barriga
Da minha mãe 
Eu andava pelos 
Babaçuais do
Maranhão 

Não sabia ainda 
A função do Machado 
O coco aberto e ferido
O azeite

Depois conheci 
A fome e a lâmina.

Carne Griffiths

LAMBARIS

Trago comigo
Estas dúvidas 
Suspensas 
Sobre as águas 

As poucas certezas
Que tenho se 
escondem
Do anzol
Na lama


Luiza Cantanhêde (Santa Inês-MA,).Reside em Teresina-Piauí. Possui formação em Contabilidade, membro fundadora da Academia Piauiense de Poesia. Membro da Academia Poética Brasileira. Membro da Associação de Jornalistas e escritoras do Brasil, coordenadoria Maranhão.Membro da Sociedade de Cultura latina do Maranhão. Publicou“Palafitas” (poemas, Penalux, 2016) “Amanhã, serei uma flor insana” (poemas, Penalux-2018) e "Pequeno Ensaio amoroso" (Penalux,2019) Recebeu menção honrosa no Prêmio H. Dobal da Academia Piauiense de Letras, e menção honrosa no Prêmio Vicente de Carvalho 2018; no Prêmio "Álvares de Azevedo-2019 ambos da União Brasileira de Escritores-UBE/RJ,recebeu o prêmio "Destaque Nordeste"2019, em Gravatá-PE
Tem poema traduzido para o Italiano















Comentários

PUBLICAÇÕES MAIS VISITADAS DA SEMANA

Um conto de Maria Amélia Elói | "Fécula"

Cinco poemas de Claudia Miranda Franco | "Moenda"

Sete poemas de Rozana Gastaldi Cominal | "Aos protagonistas da cultura viva"

Coluna 01 - In-Confidências - Apresentação, por Adriana Mayrinck

A poesia tocante de Wanda Monteiro

PONTE-AR: literatura preta em dia(logo) | Na moda - Catita

Preta em Traje Branco | Reminiscências - uma resenha poética de Mada Scavassa

Preta em Traje Branco | Ana Paula de Oya em Tríade de Versos

Divina Leitura | Retrospectiva de 2020

Para colocar poesia no seu fim de ano | Crônica de Adriana Aneli